Dom Vilson Barro é empossado como novo bispo da Diocese de Imperatriz

MAIS NOTÍCIAS

Na manhã deste sábado (10), em missa eucarística, foi empossado o novo bispo da Diocese de Imperatriz. Vilson Basso tomou posse diante de uma multidão de fiéis. Uma caravana de Caxias, onde Dom Vilson era bispo até então, veio acompanhar a posse, que foi realizada na Catedral de Fátima.

Conhecido pelo trabalho missionário e na Pastoral da Juventude, o sacerdote da congregação dehoniana chega num momento especial, onde se aproxima a solenidade de Corpus Christi, maior celebração católica de Imperatriz. Inclusive, Dom Vilson vai presidir a solenidade cristã, no próximo dia 15, estádio Frei Epifânio.

Cabe lembrar que a Diocese de Imperatriz estava sob o comando do padre Francisco Lima, eleito administrador diocesano, logo após a transferência de Dom Gilberto Pastana, em julho de 2016. Foram aproximadamente 11 meses até a chegada no novo bispo.

Dom Vilson Basso é dehoniano da congregação Sagrado Coração de Jesus, nasceu no dia 16 de fevereiro de 1960 em Cinquentenário-Tuparendi, Rio Grande do Sul. Se formou em Filosofia em Brusque, Santa Catarina (1979-1981) e Teologia, em Taubaté, no Estado de São Paulo (1982-1985). Em 1991, Vilson fez um curso de especialização em teologia pastoral na Universidade Javeriana, em Bogotá, na Colômbia.

O sacerdote fez sua profissão perpétua em 25 de fevereiro de 1985, a Congregação do Sagrado Coração de Jesus e foi ordenado padre em 28 de Dezembro de 1985. Na diocese de Viana, no Estado do Maranhão, foi vigário da paróquia de Santa Inês (1986- 1987) e Alto Alegre (1993) e o pároco de Santa Luzia (1998-2003).

Na Arquidiocese de São Luís do Maranhão foi vigário paroquial (1988-1992) e depois pastor (2004-2005) do Santuário Nossa Senhora da Conceição. Além disso, foi coordenador da Pastoral Juvenil do Estado Maranhão (1988-1992) e chefe do Nacional Pastoral Juvenil da Conferência dos Bispos do Brasil (1994-1997).

Em 2006, ele foi vice-pároco do santuário São Judas Tadeu em São Paulo e, em seguida, trainer em Cagayan de Oro City, Filipinas (2007-2010). Foi nomeado Bispo de Caxias do Maranhão 19 de marco de 2010. Atualmente é Presidente da Comissão Episcopal para a Pastoral Juvenil da Conferência dos Bispos do Brasil.

Notícias recomendadas

Comentários

Publicidade

MAIS LIDAS

Rumo ao Sínodo para Amazônia

A defesa da Amazônia sempre foi uma preocupação constante, histórica e envolvente. Em 1952, os bispos da Amazônia se posicionaram sobre a missão da...

DECRETO Nº 08/2020: Determinações em vista da pandemia do Coronavírus (COVID-19)

Baixe aqui o Decreto em PDF Na tarde desta terça-feira (17/02), o Bispo Diocesano de Grajaú, Dom Frei Rubival Cabral Britto, divulgou Decreto de Nº...

Abertura oficial da CF2017

“Admirar os biomas é contemplar a obra do criador”, afirma cardeal Sergio da Rocha. CNBB realizou abertura oficial da CF 2017, em Brasília “Como bem sabemos,...
X