DECRETO Nº 08/2020: Determinações em vista da pandemia do Coronavírus (COVID-19)

MAIS NOTÍCIAS

Baixe aqui o Decreto em PDF

Na tarde desta terça-feira (17/02), o Bispo Diocesano de Grajaú, Dom Frei Rubival Cabral Britto, divulgou Decreto de Nº 08/2020, sobre as determinações em vista da pandemia do COVID-19, considerando vários aspectos importantes, entre eles, a missão da Igreja de fomentar iniciativas de esperança e solidariedade para proteção das pessoas e preservação da vida.

No Decreto, o bispo determina que as Igrejas sejam abertas e bem higienizadas, inclusive para a visitação dos fiéis; Convoca a Pastoral da Comunicação Diocesana e de cada Paróquia a realizarem as devidas transmissões das missas; Cancela todos os encontros de movimentos e pastorais, catequeses com crianças, adolescentes, jovens e adultos; inclusive as procissões, via sacras, teatros, programadas para a semana santa e as festas pascais.

Lembra ainda que permanecem as orientações do protocolo nº 06/2020 de 28/02/2020; e que está confirmada a Missa da Unidade na Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, em Dom Pedro­-MA, suspende a participação das caravanas das paróquias para este dia.

Sob o olhar maternal de Nossa Senhora Imaculada Conceição, o Pastor Diocesano, recomenta no item 15, a recitação do Santo Terço, para afastar o flagelo desta epidemia.

LEIA O DECRETO NA INTEGRA

 


DOM FREI RUBIVAL CABRAL BRITTO OFM. CAP.

por mercê de Deus e da Santa Sé Apostólica

BISPO DIOCESANO DE GRAJAÚ

Por zelo ao rebanho que o Senhor, o Bom Pastor, nos concedeu, dispomos sobre determinações em vista da pandemia do COVID-19, a saber:

– considerando o complexo quadro gerado pela pandemia do Coronavírus, as últimas enchentes em nosso território diocesano e o fluxo crescente de pessoas retornando para suas famílias de diversas regiões do Brasil por diversos motivos;

– considerando a missão da Igreja de fomentar iniciativas de esperança e solidariedade para proteção das pessoas e preservação da vida;

– considerando as dificuldades e a complexidade que o momento impõe como desafio à nossa fé, à esperança e a unidade de todos;

– considerando o parecer de alguns profissionais de saúde, as orientações da CNBB, as determinações do Governo do Estado do Maranhão, dos prefeitos de alguns Municípios de nosso território diocesano;

– considerando as ameaças de uma pandemia viral à saúde de todos, seguindo as orientações das autoridades sanitárias,

DETERMINO,

1. Estejam as Igrejas abertas e bem higienizadas, inclusive para a visitação dos fiéis;

2. Conforme o Cânone 1248, parágrafo 2 do Código de Direito Canônico, dispensamos do preceito da Santa Missa Dominical os idosos, as gestantes e as pessoas em situação de risco de saúde; estas se unam espiritualmente à participação do Sacrifício Eucarístico pelos diversos meios de comunicação social, que o transmitirão; Convocamos a PASCOM Diocesana e de cada Paróquia a realizarem as devidas transmissões;

3. Os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, assistam com os devidos cuidados sanitários, os enfermos que lhes são confiados;

4. Convocamos a comunidade de fé e toda pessoa de boa vontade a viverem o exercício da solidariedade, da caridade e da compaixão, especialmente para com as pessoas mais vulneráveis de nossa sociedade;

5. Sejam mantidas todas as celebrações em honra do glorioso São José nas Paróquias e comunidades. Não sejam realizadas, contudo, quermesses e a tradicional procissão;

6. Determinamos o cancelamento de todos os encontros de movimentos e pastorais, catequeses com crianças, adolescentes, jovens e adultos; inclusive as procissões, via sacras, teatros, programadas para a semana santa e as festas pascais;

7. Cancelados os mutirões de confissões, o que não exime os sacerdotes de estarem disponíveis em suas paróquias para os devidos atendimentos aos fiéis, observe-se a proximidade do penitente e do confessor, inclusive para conceder-lhes os sacramentos e assistirem-nos pela caridade fraterna; procurem apenas em caso grave de necessidade, o padre estará disponível para atende-lo com as devidas precauções; às celebrações penitenciais comunitárias (confissões comunitárias) não estão autorizadas nesta Diocese;

8. Seja providenciado, segundo as possibilidades, nas entradas das Igrejas álcool gel 70º para higienização das mãos dos fiéis;

9. Diversifiquem os horários de missas dominical para que seja diminuído nas assembleias o número de fiéis; evitar aglomeração de pessoas ao máximo;

10. Permanecem as orientações do protocolo nº 06/2020 de 28/02/2020, a saber: omitir o abraço da paz; não dar as mãos durante a oração do Pai Nosso; distribuir a sagrada comunhão apenas sob uma espécie e diretamente nas mãos diante do ministro; para tanto os sacerdotes façam uma breve catequese a cerca da maneira correta de comungar;

11. Cuidem os sacerdotes, com os devidos cuidados, de darem o devido conforto aos enfermos e aos profissionais de saúde;

12. Confirmada a Missa da Unidade na Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, em Dom Pedro­MA. Determinamos a suspenção das caravanas das paróquias para este dia;

13. Durante a celebração da Paixão do Senhor, na sexta-feira Santa, no momento da Adoração da Cruz, evite-se que os fiéis beijem-na; para tanto, proceda-se o que diz o Missal Romano: (…) “o sacerdote toma a cruz e, de pé diante do altar, convida o povo em breve palavras a adorá-lo em silêncio, mantendo-a erguida por um momento” (Pág. 261 nº 9);

14. Autorizo e recomendo, durante os dias da semana, desde que não seja solenidade, utilizar no Missal Romano a Missa “Em tempo de guerra e calamidade” (cf pág. 912/913 nº 23) ou um dos formulários “Em qualquer necessidade” (cf pág. 917, nº 38);

15. Sob o olhar maternal de Nossa Senhora Imaculada Conceição recomendamos a recitação do terço para afastar o flagelo desta epidemia.

16. Estas recomendações sejam rigorosamente observadas e cumpridas por todas as Paróquias, Áreas Pastorais e Missionárias, bem como todos os estabelecimentos católicos de educação, saúde, casa de idosos, casa terapêutica, presentes no território desta Diocese.

17. Valendo-me da compreensão de todos, renovo a consagração desta Diocese de Grajaú a Virgem Maria, São José e São Miguel, Arcanjo;

18. O presente Decreto entra em vigor nesta data e terá validade de 30 dias ou até que se fizer necessário. As situações omissas neste decreto sejam encaminhadas e dirimidas diretamente com o Bispo Diocesano;

19. Seja esse decreto lido em todas as missas, publicado nos meios de comunicação e afixado no quadro de avisos das paróquias, comunidades.

Seja esse tempo quaresmal celebrado com espírito de verdadeira conversão e solidariedade.

 

Dom Frei Rubival Cabral Britto OFMCap.

Bispo Diocesano de Grajaú

Ir. Maria Clara Nascimento Santana

Chanceler

 

Notícias recomendadas

Comentários

Publicidade

MAIS LIDAS

Seminário Maior Diocesano Papa João XXIII

CENTRO DE FILOSOFIA E TEOLOGIA LOCALIZAÇÃO: Rua Parnarama, s/nº - Quadra 01 - Parque Pindorama CEP: 65.040-760 - SÃO LUÍS - MA FONE: (98) 3181-2908 Diretor: Pe....

Diocese de Grajaú realiza 2ª Romaria Vocacional Diocesana ao Santuário Nossa Senhora Mãe do Divino em Presidente Dutra

“Batizados e Enviados, a Igreja de Cristo em Missão no mundo” foi o tema central da segunda Romaria Vocacional Diocesana que aconteceu no sábado...

Dom Vilson Basso é nomeado pelo Papa Francisco novo bispo de Imperatriz

Após nove meses da transferência de Dom Gilberto Pastana para a cidade de Crato, no Ceará, o Administrador diocesano, Padre Francisco Lima, anunciou o...
X